Comunidade

São José

Comunidade da Barrinha

Os primeiros moradores de São José da Barrinha, localidade rural de Antônio Dias, antigamente conhecida como Curriola, foram Francisco de Paula Souza e os descendentes dos escravos. Antes de surgir a comunidade, as pessoas se reuniam na fazenda do Sr. Antônio Pacífico, na localidade de Santana. Posteriormente se pensou em construir uma Capela. O terreno foi doado por Joaquim José de Oliveira. A pedra fundamental da Capela foi colocada pelo Padre Félix que celebrou a Santa Missa. Neste dia celebrou-se o primeiro casamento naquela comunidade, do Sr. Antônio Emílio com D. Maria.


Antes de se construir a capela, levantou-se um cruzeiro no dia 03 de Maio de 1918, que durou até 1945. A Capela de São Jose da Barrinha foi construída em mutirão. Na comunidade reunia-se muita gente para rezar, fazer novenas, leilões, coroações e outras atividades. Vinha gente de comunidades vizinhas para participar e era grande a animação.


Em janeiro celebrava-se a Festa de São Sebastião, em junho, faziam-se as festas juninas, em julho até dezembro, eram as novenas com Nossa Senhora visitadora, nas casas da região, com muita gente e muitos leilão. Assim levantaram-se os recurso para construir a Capela.


Nesta Capela não tinha as imagens dos Santos. Quando necessário as imagens vinham de Antônio Dias e quando terminavam as festas, eram devolvidas.


As primeiras imagens conseguidas para a Capela foram de São José e Santa Ana.  Todos os padres que passaram pela Paróquia Nossa Senhora de Nazaré, de Antônio Dias, sempre deram muita assistência à comunidade de São José da Barrinha.


FacebookWhatsAppTwitter